sexta-feira, 28 de junho de 2013

Deus conosco

"- Alguma vez você já se sentiu tão impotente diante de um problema, que achou que seria esmagado por ele?
- Já chegou a pensar que Deus não estava ao seu lado ao lutar contra um grande mal em sua vida?
- Em algum momento se viu sem coragem para orar ou ler a Bíblia ao enfrentar obstáculos aparentemente intransponíveis?"

Essas são perguntas que servem de base para o famoso filme cristão "Desafiando gigantes".
Se você pode responder NÃO a essas perguntas, prepare-se, um dia certamente sua resposta será SIM!

Ao longo da nossa caminhada com Cristo percebemos que alguns ensinamentos acerca da nossa "nova vida" não são reais. A palavra VITÓRIA tão utilizada no vocábulo cristão nem sempre estará associada a dias de tranquilidade, alegria e muito menos de prosperidade. 

Existirão momentos em que o cansaço será visível, as forças parecem se esgotar diante de tantos acontecimentos e os questionamentos começam a surgir.
Isso é errado? Acredito que não!
Isso, na verdade, é humano!
E é justamente quando nossa humanidade se mostra visível que aprendemos a depender mais de Deus!
É justamente quando nos sentimos impotentes que a graça de Deus mais uma vez se manifesta em nossa vida.
JESUS, homem de dores (Is 53.3), nos conhece bem, conhece e sabe de cada sofrimento nosso e quer que dependamos dEle!

"Quando eu a ti clamar, então retrocederão os meus inimigos: isto sei eu, porque Deus está comigo."
 (Sl 56:9)

Ele continua conosco mesmo em meio as tempestades que nos fazem desanimar 
Ele acalma o nosso coração mesmo nos dias mais difíceis! (Sl 107.29)
Ele nos guia mansamente a águas tranquilas! (Sl 23.2)
Ele continua no barco, mesmo estando em silêncio! (Mt 8.24)
Ele é aquele que te toma pela mão direita e diz: "Não temas, que eu te ajudo" (Is 41.13)

Seu nome revela quem Ele é:

Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, que traduzido é: Deus conosco. (Mt 1:23)

A verdade é que Deus manifesta a Sua graça a cada dia. Ele está presente em nossas vidas todos os dias .Mas para perceber isso, é preciso ver além do que os olhos veem!

Nesse último mês perdi meu avô, minha avó teve seu membro inferior amputado e minha família tem sofrido muito com tudo isso. Na minha humanidade comecei a questionar várias coisas. Não entendemos tanto sofrimento, não é mesmo?
Dias após a cirurgia da minha avó, estava eu a entrar no centro cirúrgico para retirada da vesícula. 
Nunca havia passado por cirurgia alguma mas entrei naquele centro cirúrgico com uma certeza: Deus estava  comigo durante todo o sofrimento vivido por minha família e estaria comigo naquele momento. Lembro que sozinha, naquele centro cirúrgico, conseguia cantar o trecho de uma bela canção da Fernanda Brum:

♫♪ "Deus está comigo, eu sinto no ar
É como o vento a me tocar
Passeia comigo, conversa comigo
Revela segredos que só nele há
Me põe em seus planos
Sou parte dos sonhos
Dos sonhos perfeitos
Que não falharão
Deus está comigo
Eu posso sentir
Até as batidas do seu coração." ♫♪

Não sei quanto tempo o sofrimento durará, para mim, para você, o que sei é que Deus estará conosco todos os dias e nos trará a tona quando estivermos a afundar! Ele não nos deixa, não nos abandona!
Não desista de acreditar nisso! Não desista de você! Não desista de sonhar com dias melhores! Tenha fé! Tenha esperança!


Que Deus os abençoe!





domingo, 3 de fevereiro de 2013

Imitadores


Quando criança costumava imitar meus personagens favoritos, aqueles dos desenhos animados, os grandes super-heróis! Também já imitei e quis ser como alguns personagens da ficção.
E você, já imitou algum personagem ou alguém?
Espera um pouco, vai me dizer que nunca comprou uma roupa ou usou algo que aquele personagem da novela estava usando, querendo imitá-lo?

As pessoas buscam um referencial, alguém para quem possam olhar e dizer: Quero ser como ele (a) ! No início os principais referenciais são os pais, com o passar do tempo isso pode mudar!
Costumamos, muitas vezes, imitar outras pessoas, imitamos o que elas fazem e isso pode ser bom ou não...

O apóstolo Paulo fala sobre quem realmente devemos imitar...

“ SEDE pois imitadores de Deus, como filhos amados;” (Ef 5.1)

Mas vamos fazer uma reflexão, posso imitar a quem não vejo ou a quem nunca ouvi falar?
Acredito que não!
Então como serei imitador de Deus?
Preciso lembrar de que Deus se fez homem e habitou entre nós...

“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.” (Jo 1:14)

E habitando entre nós, sendo homem como nós, sujeito às mesmas paixões, ele mostrou seu caráter (humilde, servidor, amoroso...)
Sabemos que Ele  despiu-se de sua glória para fazer a vontade do Pai. Mas e nós...
Será que temos realmente imitado a Jesus?



Reflito ainda que muitas vezes, passamos a imitar os grandes nomes do mundo gospel e tiramos o foco de Jesus. Sim, porque essas pessoas são tão falhas e imperfeitas quanto nós e muitas vezes fazem aquilo que é mau aos olhos de Deus. E como tem feito!
Mas o conselho de João ao seu filho espiritual Gaio ressoa hoje aos nossos ouvidos para que tenhamos sabedoria e imitemos apenas o que for bom:

“Amado, não imite o que é mau, mas sim o que é bom. Aquele que faz o bem é de Deus; aquele que faz o mal não viu a Deus.” (3Jo.1. 11)

Infelizmente as pessoas tomam como referenciais os líderes e outros irmãos e acabam se frustrando. Acabam por copiar aquilo que não deveria ser copiado e a desculpa para cometer certos erros está na ponta da língua:

" Se irmão "fulano" faz eu também posso fazer!"

Essa também é a desculpa que outras pessoas encontram para apontar e dizer:
" Se for para ser assim, melhor não ser crente!
Precisamos entender que não fomos chamados para ser iguais ao que se tornou comum para a sociedade e até mesmo comum na comunidade que se diz cristã, mas não imita a Cristo, fomos chamados para sermos diferentes, para fazermos a diferença , e só seremos de fato diferentes quando pararmos de querer imitar o que é mau e imitarmos a Jesus!




Que possamos enfrentar o grande desafio de imitarmos a Jesus, no seu caráter, no amor pelos perdidos, na humildade, na compaixão pelo próximo...
Que possamos falar com ousadia às pessoas que nos cercam aquilo que  o apóstolo Paulo falou:

"Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo."
 (1Co 11:1)


Que Deus nos abençoe no amor de Cristo!