quarta-feira, 19 de junho de 2019

Dias de chuva

O outono está acabando e o inverno está chegando por aqui! Há quem goste desses dias chuvosos, dias de frio... Eu particularmente sinto muito frio e acho os dias mais tristes. Os dias de sol trazem alegria, brilho, os dias de chuva são mais escuros...
 Mas tenho refletido que dias de chuva são tão necessários quanto dias de sol! Quem vive ou já conversou com alguém que mora em regiões secas sabe o quanto a chuva faz falta! Deus criou a chuva porque sabia que ela seria necessária!

"Ele cobre o céu de nuvens,
concede chuvas à terra
e faz crescer a relva nas colinas." (Sl 147.8)

Nossa vida parece ter também as suas estações. Há dias de sol, dias de chuva, dias de flores e dias de folhas caídas ao chão!
E cada estação é necessária para nós. Todas elas!

É muito bom ter dias de flores mas não florescemos se o terreno não estiver preparado. Para isso servem os dias de chuva. Eles preparam o terreno, nos amadurecem para que no tempo oportuno possamos florescer.
Passar por dias frios e tristes nos faz refletir mais, ouvir mais, buscar mais...

Percebemos que as tempestades não estão ali para nos causar medo, mas para podermos confiar que estamos seguros nos braços dAquele que nunca nos deixou; elas estão ali para crescermos, para entendermos que elas passam, elas sempre passam!
O que não podemos fazer é deixar que as tempestades nos tirem a vontade de viver, de lutar e de prosseguir!
Os dias de sol nos ensinam muito mas os dias de chuva foram aqueles que mais nos fizeram crescer!

Tá passando por dias difíceis, dias de chuva? Procure enxergar os ensinamentos que eles estão te trazendo! Agradeça a Deus porque Ele tem dado forças para suportar esses dias! E não esqueça que esses dias vão passar! Vai chegar o dia de florescer! A chuva tá regando e preparando o terreno do seu coração para receber tudo aquilo que Deus tem para você!

Quem tem plantas sabe o quanto elas necessitam de água para não morrerem. Elas podem estar sem vida mas ao cheiro das águas elas brotam!
Dias de chuvas são necessários para que haja um RENOVO!Antes de florescer, permita que Deus te RENOVE!!!


"Para a árvore pelo menos há esperança; se é cortada, torna a brotar, e os seus renovos vingam. Suas raízes poderão envelhecer no solo e seu tronco morrer no chão; ainda assim, com o cheiro de água ela brotará e dará ramos como se fosse muda plantada." (Jó 14. 7-9)

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.
Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,
Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.

Jó 14:7-9


Deus te ama muito e seja qual for a estação que você está vivendo, Ele continua cuidando de você!

sábado, 12 de maio de 2018

A melodia continua!

De fato, houve uma pausa... Uma pausa para que eu amadurecesse um pouco, não o suficiente para ser perfeita, mas para entender algumas coisas... Uma pausa para que eu compreendesse que o maestro continuava marcando o compasso da melodia!
Já faz um tempo que não publico nada e me perguntei o porquê de não ter voltado aqui pra dizer que minha pausa tinha acabado e que eu estava numa parte linda da melodia que continuou sendo tocada, o maestro continuou e sempre esteve no controle de tudo!
A pausa nas postagens aconteceu porque os dias parecem mais curtos, o cansaço parece não ter fim, mas em compensação o amor cresce a cada dia, de uma maneira que não consigo explicar, só sei dizer que é algo divino plantado aqui dentro de mim.

Deus, em sua infinita bondade,  me presenteou com a dádiva de ser mãe, mãe de uma menina, mãe de uma princesinha!
O início da gravidez não foi fácil, havia o risco de aborto, mas no coração a certeza de que Deus estava sustentando a vida da nossa filha...
Mais uma vez segurei nas mãos dEle e confiei que Ele continuava cuidando da minha família.
Ana Cecília nasceu no dia 14 de setembro de 2017, cheia de saúde e nos trouxe muita,  muita alegria!


"Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cânticos. Então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor por eles.

Sim, grandes coisas fez o Senhor por nós, e por isso estamos alegres." (Salmos 126.2-3)


Esperamos por esse momento e entendemos que assim como escrevi em outra postagem, o tempo de Deus é perfeito! Nós queremos do nosso jeito, Ele sabe o que é melhor pra cada um de nós!
Eu não sei se a sua espera é pra ser mãe, eu não sei as suas lutas, mas tenho uma coisa pra dizer: esperar faz parte da vida e nos ensina muito! Tempos difíceis são dolorosos mas não são eternos!
Após grandes tempestades, a calmaria chega! Jesus é especialista em acalmar tempestades!

"Então ele se levantou e repreendeu os ventos e o mar, e fez-se bonança. Os homens ficaram perplexos e perguntaram:" Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?" 
(Mateus 8.26-27)

Assim como hoje celebro por ser mãe, por cuidar e acompanhar o crescimento de um ser que Deus nos presenteou, sei que irá celebrar também!Mas aproveite as pausas para madurecer! Dias difíceis nos ensinam tanto quanto dias bons!
Há um tempo chorava a perda de um filho, hoje celebro pela vida da minha filha, pela família linda que agora cresceu!
Louvo a Deus e meu coração transborda de gratidão por tudo o que Ele faz por mim, por tudo que Ele me ensina!
Eu não mereço nada! Ele insiste em derramar graça e misericórdia sobre a minha vida!

Meu maior desejo é que minha família glorifique o nome dEle e que minha filha marque a geração dela proclamando que Jesus é nosso Senhor e Salvador!
Oro a Deus pedindo sempre a capacidade e sabedoria para instruí-la da melhor forma! Porque o maior e melhor presente que a mãe pode querer para seu filho é vê-lo trilhando o caminho certo. O único caminho: Jesus!

Oro por cada mãe que chora a ausência do filho, que sofre com as tempestades que chegaram na família, oro porque creio que Deus se compadece dos seus e sabe muito bem a dor de cada mãe! Ele se compadece de você! Dedique sua vida a Ele, consagre seus filhos a Ele!
Sei que Ele vai fazer o melhor por você, assim como tem feito comigo!

Ele continua sendo bom, Ele continua sendo Deus!!!!!
A melodia segue... O maestro continua marcando o compasso!

"Ele continua a marcar o compasso com a mesma precisão e toma a nota seguinte com firmeza, como se não tivesse havido interrupção alguma." (John Ruskin)


Que Deus nos abençoe!



domingo, 11 de setembro de 2016

Uma pausa...

A vida é repleta de surpresas. Sejam boas ou ruins, elas sempre aparecem!
Receber a notícia de que eu seria mãe foi uma das melhores que já recebi. Alegria, gratidão.... como  fiquei maravilhada diante da ideia de que dentro de mim havia um milagre crescendo!
Mas sabe quando mal temos tempo de nos alegrar com a surpresa boa? Pois bem, foi o que aconteceu comigo... Algumas semanas após receber a notícia de que seria mãe recebi a notícia de já não havia mais vida dentro de mim. Sim, eu não pude ouvir as batidas do seu coraçãozinho... E como foi doloroso! 
Me vi diante de uma pausa...
Numa mistura tremenda de sentimentos eu não conseguia acreditar, fiquei em choque! Após receber essa notícia tive que passar por procedimento de retirada do feto. A dor física foi terrível mas não se comparou à dor que sentia no meu coração.
Confesso que não consigo exprimir com palavras o que passei naqueles dias.
Mas algo ainda estava para acontecer diante de tudo isso. Após a fase do choque veio a fase da tristeza e após essa veio a fase das perguntas. Não consegui questionar no início, mas depois veio à tona todas as perguntas... Alguns cristãos acreditam que não podemos questionar nada a Deus porque Ele é soberano e sabe de todas as coisas. Como eu me senti mal questionando esse Deus! Como eu me senti terrível!
As pessoas não entendem, na verdade não é culpa delas, mas de uma religiosidade que nos  faz acreditar que somos de ferro, quase divinos, a ponto de não podermos chorar a perda de um filho porque era da vontade de Deus não tê-lo agora...
Mas o mesmo Deus que me viu chorar até não conseguir mais e me viu agir feito uma menina resmungando diante do pai, usou uma serva dEle pra me dizer que eu era humana, que precisava chorar e que aquela fase era tão necessária quanto as outras para que eu fosse curada daquela dor insuportável!
Que alívio! Deus continuava me amando e continuava cuidando de mim! Ele sabe o que é ver um filho morrer! Ele se compadecia da minha dor e não sossegou até que eu entendesse que Ele me daria o conforto, que estaria comigo e não sairia do meu lado! Ou melhor, de dentro de mim! 
Certa vez li que nos momentos mais difíceis da vida conseguimos nos deparar de fato com quem nós somos! E como fiquei insatisfeita em me deparar com o meu "eu"... Mas sabe de uma coisa? Precisamos nos deparar para que tenhamos a humildade de reconhecer:
"Miserável homem que sou..."
Precisamos desses momentos para amadurecer e entender algumas coisas! Confesso que não queria aprender dessa maneira, bem que poderia ser mais fácil, mas reconheço que é preciso ouvir o NÃO de vez em quando. No deserto temos a oportunidade de nos agarrar e confiar ainda mais naquele que prometeu que estaria conosco todos os dias. Diferente do que muitos acreditam, Ele não nos faz sofrer para aprendermos, Ele usa os momentos de sofrimento para nos ensinar! 
No encontro comigo mesma relembrei algo que havia esquecido: DEPENDO de Deus para viver, com o sim e com o não, com a alegria e com a dor! Sou uma humana terrível que carece da graça dEle todos os dias! Sou uma humana que não tem pretensão alguma de ser divina! Sou uma humana que com seu livre arbítrio, escolhe continuar confiando nEle mesmo nos momentos de dor! Na certeza de que esses momentos de dor não são eternos e de que Ele continua cuidando de mim, continua cuidando de tudo! Ele continua sendo bom! Ele continua no controle! Louvado seja o nome dEle! 
 "Haja o que houver, sempre será Deus!!!!"
P.S: Já faz um mês que tudo aconteceu, não consegui escrever antes, mas termino com partes de uma mensagem que traduz um pouco sobre como entendo essa pausa...
O maestro continua marcando o compasso!!!! 
Pausa na vida 
Na pausa não há música, mas a pausa ajuda a fazer a música”.
Na melodia da nossa vida a música é interrompida aqui e ali por “pausas’. [...]
Mas como é que o maestro lê a pausa?
Ele continua a marcar o compasso com a mesma precisão e toma a nota seguinte com firmeza, como se não tivesse havido interrupção alguma.


Deus segue um plano ao escrever a música de nossa vida.

A nossa parte deve ser aprender a melodia e não desmaiar nas “pausas”.

Elas não estão ali para serem passadas por alto ou serem omitidas, nem para atrapalhar a melodia ou alterar o tom. 

E sim para aprimorar


Se olharmos para cima, Deus mesmo marcará o compasso para nós.

Não nos esqueçamos, contudo, de que “ela ajuda a fazer a música”. [...]




Lembre-se, a pausa não dura muito, é apenas um tempo suficiente para que você se renove e continue…
Ela apenas serve para continuar a música!!!
Olhe melhor a sua volta...
Viva a vida!

Pare! E aceite a pausa, você merece ser mais amado e amar, sonhar, sorrir, cantar e ser feliz, muito mais feliz!!!
(John Ruskin)
Que Deus continue nos ajudando nas pausas da vida!