domingo, 29 de janeiro de 2012

Marcas do passado

A infância é uma fase maravilhosa onde podemos aprender várias coisas. É também a fase onde as quedas, muitas vezes, são inevitáveis...
Lembro-me que quando criança caí de uma bicicleta, uma queda realmente grande...Foi inevitável não ter machucado meus cotovelos e joelhos, foi inevitável também não ter ficado com marcas no meu corpo...

Lembro-me que não foi fácil voltar a andar de bicicleta. Havia um medo muito grande de cair novamente e ao olhar para as marcas que aquela queda me deixaram ficava ainda mais difícil! Com o tempo olhava para as marcas e elas já não me doíam mais...eram só marcas! Pude perceber que eu não podia estar presa àquela queda, nem àquelas marcas do passado para que assim eu pudesse continuar vivendo e aprendendo...

É inevitável em alguns momentos da vida não sermos machucados, não ficarmos com marcas...Falo agora das marcas que ficam na alma, no coração....Uma rejeição, um trauma, uma palavra que feriu muito e tantas outras situações que nos fazem ficar tristes, desanimados e nos fazem ter medo de nos machucarmos novamente. Mas quero levar a uma reflexão de que muitas vezes paramos de viver porque estamos presos demais às nossas marcas!

Quando o nosso passado nos faz deixar de viver o presente é porque algo está errado! Marcas nos fazem lembrar do passado e muitas vezes esquecemos de que o passado já passou...e de que Deus tem nos dado um presente e precisamos viver esse presente.

“Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. 
Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo." (Is 43.18-19)

Acredito que muitas marcas nos acompanharão pelo resto da vida, mas não podemos estar presos a estas pois elas podem nos impedir de viver a vida abundante que Deus tem para nos dar. Não podemos olhar para o passado e ficarmos presos a ele... Precisamos olhar para a frente para podermos viver!


"A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para frente." (Soren Kierkergaard)

Entendo que é preciso olhar para a frente, olhar adiante... Não podemos fazer como fez a mulher de Ló, que ao olhar para trás ficou convertida numa estátua de sal (Gn 19.26). Olhar para trás pode nos fazer paralisar e isso não pode acontecer. É preciso prosseguir!  

Acredito que Deus pode sarar as suas feridas mas você precisa estar disposto a não viver relembrando essas feridas, deixar que o tempo vá apagando pouco a pouco as marcas que ficaram... 

É preciso viver o presente e olhar adiante, crendo que Deus está no controle de TODAS AS COISAS!

Que você permita que Ele cure as suas feridas, lave a sua dor e te faça viver uma vida abundante nEle! Que assim como uma criança que cai, você possa segurar nas mãos do Pai e prosseguir o caminho...



 ♫♪ "Cura-me em minhas lembranças
Cura o meu altar
Cura-me, sou tua criança
Cura-me, cura-me, cura-me
CURA-ME, SENHOR JESUS" ♫♪

(Cura-me- Fernanda Brum)



Que Deus abençoe a sua vida!

3 comentários:

  1. Muito bom. Belo blog,boa postagem, parabéns.
    Que Deus continue te usando e te abençoando
    cada vez mais.

    ResponderExcluir
  2. Pura verdade Miriam, quando deixamos o passado tomar conta do presente impedido-nos de vivenciar o futuro paramos na vida. Temos medo de viver novas experiência com o medo que estas podem nos machucar novamente, esquecendo que Deus ja nos curou e a prova disso é que somos livre.
    Deus te abençõe minha amiga, estais escrevendo muito bem, meus Parabéns!
    Lidiane.

    ResponderExcluir
  3. Brigada pelo comentário, Salviano!Espero que realmente tenha gostado e que continue a ler os textos. Que Deus abençoe a sua vida!

    Abração!

    ResponderExcluir